Como comer de forma saudável?

Deixamos aqui 5 dicas básicas para conseguir comer melhor, quer tenha duas horas para almoçar (ainda bem para si, é uma boa forma de respirar), quer só tenha tempo para mastigar qualquer coisa a caminho da reunião seguinte:

A “receita” para refeições rápidas e saudáveis

  1. Snacks são sempre bem-vindos

    Tenha sempre à mão lanches rápidos na gaveta da sua secretária, na mala do computador, ou na sua carteira. Amêndoas ou amendoins tostados, barras de proteína, peças de fruta (desde que não as deixe apodrecer, a menos que queira gerir um viveiro de moscas), pequenos pacotes de cereais, bebidas isotónicas ou mesmo iogurtes, podem ser soluções práticas quando estiver “a correr”. E se organizar a sua cozinha para que estes alimentos estejam sempre à mão, vai ser muito mais fácil encontrá-los de manhã.

Tortitas de milho e de arroz Pingo Doce

Tortitas de arroz e milho na loja Pingo Doce em Portugal

  1. Prepare o pequeno-almoço à noite

    É verdade – uma refeição equilibrada pela manhã, ajuda a enfrentar qualquer dia, por mais frenético que seja. Prepare o que lhe apetecer de véspera (ou planeie toda a semana) – de manhã é só agarrar e seguir!

  2. Concentre-se na refeição

    Sabemos que vive a correr, mas tente desligar um pouco para se concentrar nos alimentos . Mesmo que seja de fugida, mesmo que tenha só três minutos para comer, não deixe de fazer uma pausa. Estudos indicam que uma fazer uma pequena pausa interior durante as refeições pode mesmo contribuir para a perda de peso.

  3. Equilibre o seu prato

    Quer esteja a comer em passo de corrida, ou a preparar-se para uma refeição de vários pratos, tente encher (e esvaziar) metade do seu prato com frutos e vegetais, mesmo fora de casa, para contrabalançar qualquer ‘asneira’ que lhe apeteça fazer.

Prato meio cheio com legumes

Tente que metade do seu prato seja constituído por frutas e legumes

  1. Negoceie consigo mesmo

    Quer coma dentro ou fora de casa, é difícil resistir à tentação do gratinado, do bife mal passado, ou daquele molho de natas. Compense. Negoceie consigo mesmo essa escolha, mas dispense a sobremesa, ou acompanhe o seu prato com salada em vez de batatas fritas. O seu corpo vai agradecer-lhe e – convenhamos – o melhor negócio é sempre aquele em que ambas as partes ficam a ganhar, certo?