Sabia que mais de 70 milhões de pessoas no mundo não podem comer qualquer tipo de pão ou cereais?

A principal razão está no glúten, uma proteína específica que está presente sobretudo no trigo mas também no centeio, no malte ou na cevada.

Um facto que pode constituir uma surpresa desagradável, é que a própria aveia também pode conter glúten. A aveia é, à partida, um cereal sem glúten sendo por isso uma excelente opção para os celíacos. Mas o cultivo deste cereal tem sido muitas vezes intercalado com o trigo, o que acaba por contaminar a aveia. E isto pode ser perigoso.

O glúten é totalmente inofensivo para a maior parte da população mundial porque não chega a ser absorvido pelo corpo e é eliminado pelo sistema digestivo. No entanto, para um celíaco, a proteína causa uma série de problemas de saúde, que podem passar por doenças de estômago, anemia, perturbações da pele, complicações respiratórias ou até mesmo danos cerebrais.

O que está a fazer o Grupo Jerónimo Martins para ajudar?

Não fazer nada estava fora de questão para o Grupo Jerónimo Martins, que acabou por criar toda uma gama exclusiva de produtos sem glúten. E claro que a pizza está incluída.

Assumindo a sua missão de promover a saúde e o bem-estar através da alimentação, o Grupo Jerónimo Martins celebrou parcerias com as Associações de Doentes Celíacos em Portugal e na Polónia, para poder lançar uma gama especial de produtos sem glúten com todo o sabor, mas sem nenhuma das proteínas de risco.

A gama de produtos sem glúten foi crescendo ao longo dos anos e, nas lojas Pingo Doce e Biedronka, existem centenas de produtos diferentes à disposição dos consumidores. Desde os deliciosos e mundialmente famosos pastéis de nata, até à maravilha de uma autêntica pizza italiana, estas gamas exclusivas de produtos sem glúten vieram para ficar.