Quanto sal é demais?

O sal é amplamente usado na nossa cozinha e não há como desmentir que, sim, confere mais sabor às nossas receitas.

No entanto, quanto sal é demais? A Organização Mundial de Saúde alerta para os perigos do consumo excessivo de sódio, presente no sal, e recomenda a redução do seu consumo – em 30% até 2025.

E como sabemos quão difícil é reduzir o uso de sal numa cozinha onde este tempero é muito usado para realçar os sabores, cá estão três receitas sem sal. Nem vai dar por falta dele. Confira.

  1. Frango assado com tomilho e limão

Frango assado com tomilho e limão

Frango assado com tomilho e limão

O frango assado é um clássico em Portugal. No entanto esqueça a tradicional batata frita para acompanhar. A batata frita tem imenso sal e, já que vai preparar uma receita sem sal, não vale fazer batota. Mas não se preocupe. Usando ervas aromáticas é possível fazer esta receita sem sal (sim, leu bem!) e acompanhar, por exemplo, com um arroz de cenoura e cominhos (vão dar um toque exótico ao arroz, dispensando o uso de sal).

E já que mantemos a tradição portuguesa, nada melhor que acompanhar este prato com uma erva bem portuguesa: tomilho bela-luz. Confira a recriação de um clássico, sem sal, e com um ingrediente estrela que vai impressionar.

Ingredientes:

  • 2 limões grandes;
  • 1 frango inteiro limpo;
  • Pimenta-preta em grão q.b.;
  • 1 folha de louro;
  • 1 ramo de tomilho bela-luz;
  • 4 dentes de alho;
  • 4 colheres de sopa de azeite;
  • 1 copo pequeno de vinho branco (2dl).

Preparação:

Corte um dos limões em rodelas e coloque-as dentro do frango. Ponha também as ervas e a pimenta preta, bem como os alhos esmagados – se conseguir fazer uma polpa, esfregue-a no interior do frango. Use o restante limão como “tampa”, para fechar a abertura do frango e evitar que saia o recheio.

Pincele o frango com azeite e coloque a ave no forno bem quente, durante uma hora. Misture o vinho com alguma água e vá regando o frango de vez em quando com esta mistura.

Sirva o frango com o molho, adornado com as rodelas de limão e uns raminhos de tomilho bela-luz. Para acompanhar, um arroz de cenoura ao qual se dá um toque de cominhos. Fica uma delícia!

  1. Coelho estufado com tomilho

Coelho estufado

Coelho estufado com tomilho

Os dias mais curtos e frios, pedem sabores fortes e reconfortantes que ajudem a aconchegar o estômago. Mas a presença de sabores fortes não significa necessariamente refeições pesadas – muito pelo contrário.

A nossa sugestão para um jantar diferente, é um delicioso estufado de coelho e vinho tinto. O twist? Esta é uma receita sem sal onde o tomilho bela-luz brilha e dá ao seu prato um sabor reconfortante e elegante.

Ingredientes:

  • 1 coelho limpo cortado em pedaços (cerca de 1,2 kg);
  • Pimenta q.b.;
  • 2 colheres de sopa de azeite;
  • 0,5 kg de cebolas pequenas;
  • 4 dentes de alho;
  • 1 colher de sopa de farinha (ou meia colher de maizena);
  • 1 copo de vinho tinto maduro;
  • 2 folhas de louro;
  • 1 pau de canela;
  • Cravo q.b.;
  • 1 colher de sopa de tomilho bela-luz seco;
  • 4 tomates maduros, pelados e cortados em pedaços;
  • 3 a 4 cenouras médias.

Preparação:

Depois de ter o coelho partido em pedaços de uns cinco centímetros, tempere com pimenta. Doure o coelho num tacho com o azeite. Entretanto corte as cebolas em quartos e lamine os alhos. Retire o coelho e reserve. Refogue a cebola e o alho até estarem suaves, acrescente a farinha e incorpore.

De seguida, coloque novamente o coelho e regue com metade do vinho tinto. Acrescente as especiarias, o louro e o tomilho bela-luz. Deixe cozinhar em lume brando por cerca de uma hora. Acrescente o resto do vinho e, de seguida, adicione o tomate pelado em pedaços e a cenoura em rodelas ou meias luas. Deixe estufar mais trinta minutos.

Rectifique a pimenta e sirva de imediato, decorado com raminhos de tomilho.

  1. Linguado com alho e tomilho bela-luz

Linguado com alho e tomilho

Linguado com alho e tomilho bela-luz

O linguado é um peixe branco, pobre em gordura, excelente fonte de selénio e rico em vitamina B12. É um alimento bastante usado na cozinha mediterrânica, mas sabe que pode tornar este peixe ainda mais saudável, num prato cheio de sabor? O segredo está nas ervas aromáticas, em especial o tomilho bela-luz.

Juntando um peixe saudável e uma erva aromática tão tipicamente portuguesa, pode criar uma receita sem sal, onde o sabor não falta. Porque cozinhar sem sal não tem que ser aborrecido.

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa de azeite;
  • 2 dentes de alho;
  • Sumo de meio limão;
  • Um raminho de tomilho bela-luz;
  • 4 filetes de linguado (cerca de 600g).

Preparação:

Numa taça junte o azeite, o alho esmagado, o sumo de limão e as folhas de tomilho, e mexa bem. Pincele o peixe com este molho e leve a lume médio numa frigideira antiaderente. Deixe dourar (com cuidado para não deixar queimar o alho!) e sirva de imediato. Decore com folhinhas de tomilho e umas rodelas de limão.

Acompanhe com batata a murro, temperada só com um fio de azeite e ervas aromáticas. Atenção, não caia na ratoeira de acrescentar sal a estas batatas a murro. Não é necessário.


Estas receitas são perfeitas para um jantar de dia da semana, bem como para uma refeição de Domingo, mais cuidada. E toda a família aprovará! Quem diria que estas receitas sem sal poderiam ser tão saborosas?

Leia mais sobre um estilo de vida saudável com a Dieta Mediterrânica: sabores que lhe fazem bem.