Um Natal diferente

Está a chegar a época do Natal, cheia de cor, magia, luz e alegria. Apesar de este ser necessariamente um Natal diferente para todos, há coisas que não mudam.

A avó vai continuar a decorar a casa. Só que agora sob a estreita orientação do neto que, através do WhatsApp, lhe diz exactamente a cor dos enfeites a pendurar na árvore. A mãe já garantiu que a consoada será o costume: bacalhau com natas. Só que, desta vez vai utilizar as encomendas Take Away do Pingo Doce – uma boa escolha, diga-se. Já o tio vai continuar a deixar os presentes para o último segundo. Só que agora faz as compras online e a faz figas para que chegue tudo a tempo.

O frenesim e a alegria do Natal escondem, no entanto, alguns factos incómodos que podem prejudicar o planeta.

Sabe qual é o impacto ambiental dos presentes que oferece?

A pegada ecológica de uma simples t-shirt, isto é, o conjunto dos recursos necessários para produzir e distribuir este produto em concreto, ronda os 8,77 kg de dióxido de carbono e os 2.700 litros de água.

E o papel de embrulho e as embalagens dos presentes que oferece no Natal, são recicláveis? A grande maioria não, uma vez que contêm ou são revestidas por plástico, o que dificulta a sua reciclagem.

Mas há mais. A quantidade de comida desperdiçada durante o Natal também tem uma pegada ambiental gigantesca. Sabia que a comida do Natal pode durar até três dias no frigorífico? No congelador este período estende-se consideravelmente. Gastar menos e armazenar mais é o segredo – e o frigorífico será o seu melhor amigo. Por isso, vá arranjando espaço suficiente!

Pequenos gestos podem realmente fazer a diferença e tornar esta época ainda mais mágica. Saiba como contribuir para um Natal mais verde e amigo do ambiente.

Prendas de Natal sustentáveis são mais do que presentes…

São o caminho certo para o futuro do planeta. É por isso que trazemos até si as melhores dicas para tornar os seus presentes de Natal mais sustentáveis que nunca. Aqui vão elas:

  • Arregace as mangas… na cozinha

Uma prenda de Natal feita por si é mais pessoal e mais personalizada. Então se for uma prenda para o estômago, tem já uma receita vencedora. Este ano ofereça doces, compotas, licores, bolachas ou bombons feitos por si.

Trufas de frutos secos são excelentes prendas de Natal.

Inspire-se com um doce de abóbora e frutos tropicais com um toque de Vinho do Porto, ou talvez um doce de limão, courgette e gengibre que fica maravilhoso com um queijinho. Atreva-se ainda com um azeite aromatizado com especiarias e ervas aromáticas ou, para os mais aventureiros, um delicioso chutney de alperce.

Se quem vai presentear é guloso, não perca tempo e surpreenda com uns cubos de fudge de chocolate e pimenta rosa, trufas de frutos secos ou talvez umas trufas de chocolate preto e abacate.

  • Plástico, só recuperado!

Neste Natal, mude o chip e ofereça plástico… recuperado! Que tal umas meias feitas a partir de redes de pesca abandonadas? Um par de sapatos que equivale a 36 garrafas de plástico retiradas dos mares? Ou será que prefere oferecer um conjunto de carteiras feitas de lonas publicitárias? Além de ser um presente diferente, é ainda uma prenda para o nosso planeta.

  • Comprar local

Comprar local é uma forma de ajudar o ambiente, uma vez que ajuda a reduzir as emissões de carbono associadas ao transporte. Mas não só. Também é uma prenda de Natal para a sua comunidade, já que os produtores locais de alimentos, artesãos, artistas ou outros são igualmente beneficiados. Este ano existe ainda uma razão acrescida: o impacto que a pandemia teve nos pequenos negócios. Espalhe felicidade e sustentabilidade pela comunidade.

  • Reutilizável é o caminho a seguir

Quase de certeza que já ouviu falar das palhinhas reutilizáveis de metal, silicone ou bambu. Mas, já as ofereceu alguma vez? Sabe se os seus amigos e familiares já as costumam utilizar?

Artigos reutilizáveis são opç~es sustentáveis para prendas de Natal

Artigos reutilizáveis (como as palhinhas) são boas prendas de Natal porque vão ajudar a criar novos hábitos sustentáveis.

Outras ideias são copos herméticos para o café, garrafas reutilizáveis (procure aquelas que têm compartimento para infusões!), sacos de pano para as compras – até pode decorar e personalizar um destes sacos antes de o oferecer – e muitos outros produtos que não têm de ser descartáveis ou ter vidas úteis curtas.

  • Verde, como a esperança

Quantos dos seus amigos, familiares e até colegas de trabalho vivem em apartamentos, sem jardim e sem plantas? São de certeza mais do que imagina. Este Natal ofereça “verde”! Por exemplo, uma planta em vaso, com ou sem flor, ervas aromáticas com um kit de jardinagem interior, uma planta em vaso suspenso ou uma mini estufa para a varanda. Uma planta não é só uma óptima prenda de Natal sustentável, é um presente para a vida. Quem sabe se o seu presente não é o início de uma horta em casa?

  • Das mãos ao coração

Se for dotado para as artes manuais, esta é a altura perfeita para dar uso aos seus dotes. Há imenso “lixo” a pedir que lhe seja dada uma nova vida. E como? Um exemplo é fazer arte com cápsulas de café usadas, mas há mais. Os embrulhos das prendas de Natal são uma opção óbvia, já que uma prenda de Natal sustentável também inclui o embrulho. Use papel que tenha sobrado de outros anos e, se não tiver papel suficiente para cobrir um presente inteiro, misture dois (ou três!) tipos. Pode também usar revistas e jornais antigos ou reutilizar caixas e embalagens que tenha em casa.

  • Ofereça serviços e experiências

Há certas pessoas para quem é difícil comprar prendas de Natal porque já têm “tudo”. Neste caso, comprar mais coisas acaba por ser um desperdício.

Experiências são boas opções de prendas de Natal

Porque não oferecer um bilhete para o museu, para o teatro, para um concerto ou para o cinema? Se a pessoa a quem vai oferecer o presente for aventureira pode optar por uma experiência cheia de adrenalina, como um salto de pára-quedas. Mas se o que quer mesmo é dar um mimo, opte por um vale para um cabeleireiro, uma tarde relaxante num spa ou um workshop sobre um tema de interesse.

  • Reduza o desperdício com prendas digitais

Sabe aquele amigo que devora revistas científicas? Esse mesmo, pode estar a precisar de uma subscrição digital da revista que tanto adora! E aquele familiar que poderia viver numa biblioteca? Se calhar está a precisar de um leitor de e-books e de um livro digital. Também pode ser a subscrição da edição digital de um jornal. As prendas de Natal não precisam de ser exactamente palpáveis. Mas, claro, ter uma prenda de Natal debaixo da árvore sabe sempre bem. Por isso acompanhe a sua prenda de Natal sem desperdício com um postal DIY!