Que países lideram o ranking mundial de produção de energia renovável?

Se perguntarmos a qualquer pessoa qual é o país que está em segundo lugar no ranking mundial de produção de energia renovável, apostamos que ninguém vai acertar.

A maioria iria responder algo como “Noruega” (ou qualquer outro país nórdico) e não estaria longe da verdade, pois 97,9% da sua energia vem de fontes renováveis, incluindo a hidroeléctrica.

Na realidade, a Noruega é o produtor de energia mais limpo do mundo. Mas logo de seguida encontra-se a Nova Zelândia, com 83,1% de energia “verde”. Portugal também está presente neste ranking, ocupando a 8ª posição.

No total, quatro países da América Latina estão no Top 10, com 3 continentes representados no Top 5.

Mapa dos países que lideram o ranking mundial de produção de energia renovável.

Mapa dos países que lideram o ranking mundial de produção de energia renovável.

O que está a mover a adopção de energias renováveis?

A geração de energia eólica e solar tem sido encorajada por ambiciosas políticas ambientais na União Europeia, EUA, China, Índia, Japão e Austrália, bem como pela redução drástica dos custos de desenvolvimento destas tecnologias nos últimos anos.

Este facto tem permitido aos países em desenvolvimento aumentar as suas capacidades em de produção atrvés das renováveis.

Quais as fontes de energia renovável mais utilizadas?

O vento tem sido o grande herói deste movimento, sendo responsável por 30% do aumento de capacidade em 2017, com a energia solar a acrescentar mais 20%.

As renováveis constituem agora 1/3 da energia na Europa, 1/4 na China e 1/6 nos Estados Unidos da América, na Índia e no Japão.

E embora nenhum país asiático tenha atingido o Top 12, é de notar que 61% da nova capacidade instalada em 2018 está localizada na Ásia.

Embora o mundo esteja à beira de alterações climáticas com consequências dramáticas, estes números não deixam de nos dar alguma esperança e, de certo modo, nos fornecerem a energia que precisamos para continuarmos no bom caminho.