Prendas DIY: o prazer de dar algo com intenção

Mais um Natal, mais uma correria à procura dos presentes ideais. O que será que ofereço? Será que já tem este? E se não tiver espaço lá em casa? Estas são algumas das perguntas que passam pela cabeça de quem anda à caça do presente perfeito. Muitas vezes, quando o tempo aperta, escolhe-se oferecer “qualquer coisa” que acaba intocada, a apanhar pó numa estante qualquer.

Hora da honestidade connosco: quem é que não tem em casa pelo menos um ou dois presentes oferecidos num Natal qualquer, mas que, na verdade, nunca foram usados ou dos quais não gostou assim tanto? Seja um livro aborrecido, uma peça de roupa que acabou por não trocar ou um gadget que utilizou poucas vezes, é fácil olhar em redor e encontrar um ou outro exemplo. Por isso, se acontece connosco, o mais provável é também acontecer aos outros.

Se é daquelas pessoas que anda sempre a tentar encontrar o presente ideal para a família e amigos, e não quer que o seu destino seja a tal “estante qualquer”, temos a solução. Este Natal, faça você o presente! Mais importante do que o valor dos bens materiais, as prendas DIY (Do It Yourself) são feitas com tanto carinho e personalização que a probabilidade de terem sucesso é muito maior. Além disso são, na sua maioria, prendas mais sustentáveis.

Sabia que?

DIY é uma sigla para a expressão britânica “do it yourself” ou, em português, “faça você mesmo”. Significa algo que é feito por nós próprios, como construir, modificar ou reparar objetos sem a ajuda de profissionais.

O Do It Yourself combate o desperdício e o consumo exagerado

Há algo de especial em criar do zero, em dedicar-se a um projeto com toda a paixão, em ter algo perfeitamente personalizado. Enquanto algumas pessoas recorrem ao DIY para poupar dinheiro, outras veem nesta técnica uma autêntica filosofia de vida.

Então, como é que as prendas DIY se encaixam nesta filosofia? Como uma luva, dizemos nós. Criar um presente para alguém é muito mais especial do que oferecer algo “comprado”, ainda que possa ser de menor valor monetário. É uma oportunidade para mostrar à pessoa como ela é especial, que a sua personalidade conta, que foi investido tempo na preparação do presente perfeito. Por isso mesmo, nada como o Natal, uma altura de gratidão, amor e amizade, para expressar à família e amigos o quanto os estima – através de prendas DIY.

9 ideias de prendas DIY para este Natal

Como acontece com todos os conselhos, dicas e ideias que damos, também neste Natal a sustentabilidade ocupa um lugar de destaque. Apresentamos-lhe nove ideias de prendas DIY, personalizadas e sustentáveis, para oferecer a quem mais gosta, sem ferir a carteira ou o planeta. Há opções para todos os gostos e que pode ajustar consoante o tempo que tem disponível.

Chutney caseiro de tomate
  1. Compotas, doces e chutneys caseiros

Dizem que o que é doce nunca amargou; e nós acrescentamos que o Natal se quer doce o quanto baste. Se conhece alguém que não resiste a uma compota de frutos ou a um delicioso chutney, então talvez o presente perfeito seja um deles. Pense numa compota de tomate, num doce de frutos vermelhos, num doce de abóbora e frutos tropicais, ou ainda num exótico doce de limão com gengibre. No que toca a chutneys, escolha um chutney de alperce ou ainda de maçã e tomate. Use um daqueles jarros de vidro que tem guardados na despensa, adorne-o com um laço e uma etiqueta natalícia, e não se esqueça do cartão com uma nota pessoal.

Azeites aromatizados
  1. Azeites aromatizados

Foodie que é foodie não resiste a um delicioso azeite aromatizado, especialmente dado que em Portugal há azeite – esse ouro líquido que abunda no mediterrâneo – de excelente qualidade. Enquanto uma garrafa de um bom azeite já seria um presente ótimo, esta sugestão dá-lhe um toque especial. Depois de aprender a fazer azeite perfumado com especiarias e ervas aromáticas, pode experimentar com ervas aromáticas frescas e com malaguetas – para os mais destemidos. Uma garrafa de vidro e uma etiqueta bonita completam esta prenda DIY.

Bombons e trufas caseiros
  1. Bombons e trufas caseiros

E se em vez da típica caixa de chocolates que oferece todos os natais, este ano se aventurasse na cozinha e oferecesse uma caixa de bombons caseiros? Se lhe parece boa ideia, sugerimos uns deliciosos bombons de chocolate e frutos secos ou, se quiser arriscar, com recheio de castanha. Se a sua inclinação é mais para as trufas, brilhe com trufas de frutos secos, ouse com trufas de chocolate preto e abacate ou impressione com trufas com chá de cidreira. Não se esqueça de colocar os bombons ou trufas em forminhas de papel e encher uma caixa bonita adornada com um laço de cetim.

Glögg escandinavo
  1. Glögg escandinavo

O inverno na Escandinávia é frio e escuro; merece, por isso, uma bebida que torne o Natal mais quentinho. O Glögg é uma bebida semelhante ao vinho quente, consumida durante os meses de inverno nos países nórdicos: Suécia, Dinamarca e Noruega (Gløgg) e Finlândia (Glögi).

Para fazer Glögg vai precisar dos seguintes ingredientes:

  • 1 garrafa de vinho tinto (750 ml)
  • 3 paus de canela
  • 1 c. de chá de sementes de cardamomo inteiras
  • 5-6 sementes de cravinho-da-índia
  • 3 estrelas de anis
  • Casca e sumo de meia laranja
  • 5 c. de sopa de açúcar branco

Aqueça o vinho tinto numa panela e acrescente as especiarias. Corte raspas finas da casca de laranja e adicione-as ao vinho, bem como o sumo. Por fim, adicione o açúcar e mexa bem. Aqueça em lume baixo, sem deixar levantar fervura, durante cerca de 15-20 minutos. Verta a mistura de vinho ainda quente para uma garrafa de vidro e deixe arrefecer e infundir durante pelo menos duas horas (o ideal seria um dia). Sirva quente, mas sem ferver. Conserve protegido da luz e de calor.

Biscoitos caseiros
  1. Bolachas e biscoitos caseiros

Se a sua tradição é fazer bolos e bolachas no Natal, este ano pode oferecer àqueles que mais merecem uma caixa recheada de bolachas e biscoitos, simples ou decorados, recheadas ou com cobertura. O tema? Natal, claro. Experimente fazer umas bolachas em forma de bengala de Natal, um símbolo natalício no norte da Europa.

Velas aromáticas
  1. Velas aromáticas

Velas aromáticas são prendas DIY muito divertidas de se fazer, e muito boas para se receber – quem não gosta de uma vela com o seu aroma preferido?

Vai precisar de:

  • Vela sem aroma, cera, ou parafina refinada (encontra facilmente em algumas drogarias ou lojas online)
  • Corante alimentar na cor da sua preferência
  • Óleo essencial com a essência da sua escolha
  • Pavio com suporte metálico (encontra facilmente em algumas drogarias ou lojas online)
  • Óleo de cozinha (para untar)
  • Molde (opcional) ou frasco de vidro

Comece por derreter a vela (em pedaços), a cera ou a parafina numa panela, em banho-maria. Mexa com uma espátula até que a cera esteja líquida e acrescente algumas gotas do corante alimentar até obter a cor pretendida. Retire do banho-maria e, quando começar a arrefecer, acrescente algumas gotas do óleo essencial (se a cera estiver demasiado quente, o óleo vai evaporar). Unte o molde e o pavio com o óleo, coloque o pavio no fundo do recipiente, e verta a cera para o recipiente até ao nível que desejar. Poderá ter de usar uma pinça para posicionar o pavio no centro da vela. Deixe arrefecer por completo – pelo menos cinco horas – e no dia seguinte desenforme a vela com cuidado. Se usar um frasco de vidro em vez de um molde (ou uma taça bonita, ou um copo) não precisa de untá-lo com óleo.

Sabonetes caseiros
  1. Sabonetes caseiros

Fabricar sabonetes é uma arte. Envolve muita técnica e componentes que têm de ser manuseados com muito cuidado, como a soda cáustica (altamente corrosivo). Mas há formas de fazer sabonetes personalizados em casa, sem químicos perigosos à mistura.

É necessária uma base glicerinada (encontra facilmente online e em algumas lojas de produtos biológicos) para derreter, à qual se vai acrescentar aroma, corante e outros ingredientes.

Vai precisar de:

  • 300 g de base glicerinada para sabonete (opaca ou transparente)
  • Corante para sabão de glicerina
  • Óleo essencial à escolha
  • Outros ingredientes à escolha (mel, sementes de lavanda, flores secas de lavanda, raspas de limão, raspas de laranja, ervas desidratadas, etc.)
  • Moldes

Rale a glicerina com um ralador e aqueça em banho-maria, mexendo com uma espátula até estar completamente líquida. Acrescente o corante e retire do banho-maria, mexendo sempre. Acrescente gotas de óleo essencial a gosto.

Agora, está na hora de acrescentar os outros ingredientes. Se quiser acrescentar mel ao seu sabão caseiro, faça-o quando a glicerina estiver líquida e antes de retirar do banho-maria.

Verta o sabão líquido para um molde coberto com película aderente e deixe arrefecer por um dia. Retire o sabão dos moldes e embrulhe. Se não tiver moldes pode usar um recipiente quadrado, retangular ou circular, e cortar o sabão com uma faca que foi mergulhada em água quente – ou com um cortador de sabão.

Embrulhe os seus sabões caseiros em papel vegetal e prenda com um lacinho ou cordel. Não se esqueça de colocar uma etiqueta com os ingredientes que compõem esta prenda DIY para evitar reações alérgicas.

Esfoliante natural de café
  1. Esfoliantes naturais

Se lhe disséssemos que pode reduzir o seu desperdício, poupar dinheiro e fazer presentes naturais, tudo ao mesmo tempo, acreditava? Aqui está a prova de que é possível: esfoliantes caseiros naturais. Se tem frascos baixos e largos ou recipientes de plástico de cremes e loções já vazios, tem metade do seu presente. Próximo passo: colocar uma etiqueta informativa, onde pode descrever os ingredientes e adornar a tampa do seu frasco com uma fita ou laço. Só faltam mesmo estas cinco receitas de esfoliantes naturais que pode fazer em casa.

Cabaz de iguarias, docinhos, salgadinhos e outras delícias
  1. Cabaz de iguarias, docinhos, salgadinhos e outras delícias

E para as pessoas que não têm tempo para cozinhar compotas e bolachas, ou para fazer velas e sabonetes? Nesse caso, a melhor opção é montar um cabaz de Natal cheio de iguarias. Pense num doce de castanha, de abóbora e noz ou de maçã e canela, um frasco de mel nacional, um queijinho de ovelha, um sortido de charcutaria de porco preto, e uma garrafa de um bom vinho nacional. Pode ainda incluir bombons ou biscoitos, ou umas amêndoas cobertas com chocolate negro.