Esfoliar ou não esfoliar: eis a questão

Esfoliar a pele é uma acção recomendada por dermatologistas: os esfoliantes ajudam a remover as células mortas que se acumulam na pele, o que vai ajudar à produção de colagénio, uma substância essencial à protecção cutânea.

No entanto, a maioria dos esfoliantes que estão disponíveis não são naturais e são potencialmente nocivos para o ambiente. A verdade é que muitas das soluções contêm microesferas de plástico (microplásticos, portanto) como agentes esfoliantes. Estima-se que, todos os anos, milhares de toneladas de microesferas que se encontram em produtos de cosmética e em muitas pastas de dentes acabem nos oceanos, sendo depois ingeridas por peixes, moluscos e zooplâncton.

Essas microesferas cosméticas representam 4% de todo o plástico no oceano – são o tipo de plástico mais encontrado no mar e podem ser evitadas.

Então, será que estamos a abusar do plástico? Devemos deixar de usar esfoliantes?

 

Uma resposta simples: esfoliantes naturais

Não é preciso ir à procura de alternativas complicadas. Em vez de recorrer a produtos com microesferas cosméticas e microplásticos, experimente criar os seus próprios esfoliantes naturais, tanto corporais como faciais, usando ingredientes que estão disponíveis na sua despensa durante todo o ano.

Vai ver como é fácil ajudar a evitar mais microplásticos nos oceanos (e na sua vida).

Cinco esfoliantes naturais, desperdício zero e “faça você mesmo”

Para além de alguns produtos que tem na sua despensa, vai precisar de um recipiente reutilizável que feche bem – como um frasco de vidro – uma taça e uma colher.

Depois de experimentar estes esfoliantes naturais não vai querer outra coisa. Lembre-se, no entanto, que estes esfoliantes naturais não devem ser usados diariamente – a recomendação é utilizar apenas uma ou duas vezes por semana. Tenha atenção à forma como a sua pele reage.

Cara ou corpo?

Atenção às diferenças entre um esfoliante para o corpo ou para o rosto!

Os esfoliantes corporais são, regra geral, mais agressivos e podem provocar sensibilidade, vermelhidão ou até secura na pele da cara, que é mais sensível.

A diferença está no tamanho dos grãos que fazem a esfoliação. Os esfoliantes corporais têm grãos maiores e mais concentrados, enquanto os esfoliantes faciais são mais líquidos e com grãos mais pequenos.

Esfoliante natural de sal marinho para o corpo
  1. Esfoliante natural de sal marinho para o corpo

 

Ingredientes:

  • Sal marinho grosso;
  • Óleo à escolha (côco, amêndoas doces, óleo de bebé, etc.);
  • Óleo essencial à escolha (opcional).

Preparação:

  • Coloque uma boa quantidade de sal marinho na taça, de acordo com o tamanho do seu recipiente;
  • Aos poucos, vá misturando o óleo até obter uma espécie de “areia”. A consistência não deve ficar nem demasiado líquida nem demasiado arenosa;
  • Termine com uma ou duas gotas do seu óleo favorito (lavanda, limão, flor de laranjeira, etc.) para dar aroma;
  • Uma vez pronto, transfira para um frasco e feche bem.
Esfoliante natural de açúcar mascavado para o corpo
  1. Esfoliante natural de açúcar mascavado para o corpo

 

Ingredientes:

  • Açúcar mascavado;
  • Óleo à escolha (côco, amêndoas doces, azeite, jojoba, etc.);
  • Óleo essencial à escolha (opcional).

Preparação:

  • Coloque uma boa quantidade de açúcar mascavado numa taça, de acordo com o tamanho do recipiente;
  • Aos poucos, vá misturando o óleo até obter uma espécie de “areia”. A consistência não deve ficar nem demasiado líquida nem demasiado granular;
  • Termine com uma ou duas gotas do seu óleo essencial preferido (lavanda, limão, flor de laranjeira, etc.) para dar aroma;
  • Transfira para um frasco e feche bem.
Esfoliante natural de azeite e café para o corpo
  1. Esfoliante natural de azeite e café para o corpo

 

Ingredientes:

  • Borras de café;
  • Azeite;
  • Extracto de baunilha (opcional).

Preparação:

  • Coloque uma quantidade generosa de borras de café numa taça;
  • Aos poucos, vá acrescentado o azeite, até obter uma pasta arenosa. A mistura não deve ficar nem demasiado líquida nem demasiado espessa;
  • Se preferir que o seu esfoliante tenha um cheiro duradouro, junte algumas gotas de extracto de baunilha (vai ver que combina muito bem com o cheiro a café!);
  • Transfira para um frasco e feche bem.
Esfoliante natural de mel e açúcar para o rosto
  1. Esfoliante natural de mel e açúcar para o rosto

 

Ingredientes:

  • Açúcar granulado;
  • Mel;
  • Óleo de amêndoas doces (opcional).

Preparação:

  • Coloque umas colheres de sopa de açúcar numa taça e acrescente o mel a pouco a pouco. A consistência deste esfoliante natural facial deve ser mais líquida que a de um esfoliante para o corpo – quase como a de um sabonete líquido;
  • Se a mistura for muito pegajosa, acrescente uma colher de café de óleo de amêndoas doces;
  • Uma vez pronto, transfira para um frasco e feche bem.
Esfoliante natural de aveia para o rosto
  1. Esfoliante natural de aveia para o rosto

 

Ingredientes:

  • Aveia em pó;
  • Óleo à escolha (côco, amêndoas doces, etc.);
  • Mel (opcional).

Preparação:

  • Coloque umas colheres de aveia em pó numa taça e acrescente muito lentamente o seu óleo preferido (óleo de coco funciona bem);
  • A consistência deve ser mais líquida que a de um esfoliante para o corpo – deve ficar semelhante à de um sabonete líquido, mas com algumas “areiazinhas”;
  • Se o resultado não for cremoso o suficiente, acrescente um pouco de mel até obter a consistência desejada;
  • Transfira para um frasco e feche-o bem.

Está pronto para aplicar o seu esfoliante natural

Os esfoliantes naturais para o corpo e rosto devem ser massajados suavemente na pele, em movimentos circulares.

Se sentir algum desconforto durante a utilização, lave abundantemente com água fria. Não use em pele com feridas, sinais ou irritações.

E aí tem: o seu esfoliante natural e amigo dos oceanos.